Boas Vindas

Sejam todos muito bem-vindos ao Colégio Santa Terezinha. Ao ser fundado em 1928, nosso Colégio trouxe à educação gonçalense, junto com o carisma de Santa Terezinha, padroeira das missões, uma proposta de educação inspirada nos princípios de liberdade e nos ideais de solidariedade humana.

Caminhar e crescer, mantendo a tradição Cristã Católica de investir no amor ao ser humano, estimulando o progresso afetivo, intelectual, social, psicológico e espiritual dos alunos, são as nossas propostas.

Sendo a Escola a extensão da família de cada aluno, nos propomos a colaborar na sua formação integral, de maneira que a educação escolar recebida seja uma bagagem a ser levada e usada por toda a sua vida. Para tanto, não destacamos apenas conhecimentos, mas trabalhamos valores intangíveis e buscamos construir juntos uma sociedade mais esclarecida, justa e fraterna.

Com esta visão educacional e integrado por uma equipe capaz de educar para a vida, de aprender para ajudar ao próximo e de se desenvolver em suas múltiplas capacidades, o Colégio Santa Terezinha deseja continuar sendo este espaço privilegiado, onde professores, pais e alunos sintam-se felizes e cultivem a paz.

Juntos, vamos construindo a escola dos nossos sonhos, transformando cada desafio em uma oportunidade para aprender, ensinar, cultivar e crescer.

Nos apropriando das palavras de Augusto Cury, que bem define nossos anseios, deixamos a você o nosso recado:

“Qual é a escola dos seus sonhos? Para mim é a escola que educa os jovens para extraírem segurança da terra do medo, sorriso das lágrimas e sabedoria dos fracassados… Na escola dos meus sonhos, cada criança é uma joia única, mais importante que todo dinheiro do mundo. Nela, os professores e alunos escrevem uma belíssima história; são jardineiros que fazem da sala de aula um canteiro de pensadores.”

Nossa História

aida
.:: Breve História do Colégio e de Sua Fundadora ::.

Em 27 de outubro de 1906 nasce a filha mais velha do casal Eduardo Vieira de Souza e Alzira Pacheco de Souza, a quem deram o nome AÍDA.

Esta criança cresceu e, ainda na infância, procurava alguém para ajudá-la a despertar para a vida. Ela mesma contava que Jesus lhe apareceu em sonho, entre luzes e anjos, e mostrando-lhe um dos anjos lhe disse: eis aí o teu Anjo. O Anjo que vai te guardar em todos os caminhos. Então o Anjo abriu-lhe a porta e sua mão forte e meiga, serena e firme lhe segurou a mão. Era uma mão de mestra e amiga, pronta a ajudar-lhe a encontrar o seu caminho. Percebeu então que tinha entrado na Casa da Mãe do Céu, e que tinha achado o grande guia de sua vida.

Em 1928, tendo se formado como professora pela Escola Normal de Niterói, a Professora AÍDA VIEIRA DE SOUZA começou sua caminhada como educadora.

Três alunos e uma professora, à sombra de uma goiabeira, no frutífero quintal de uma residência, marcam o instante de um ideal que permaneceu vivo por muitos anos. Muitos nomes sonhados, mas ainda sem nome nenhum, a escola nasce e recebe, tempos depois, o seu nome – inspirada no presente recebido de uma amiga, uma estampa de Santa Terezinha do Menino Jesus. Em 1930, a Professora Aída batiza a sua escola, que desde então passa a se chamar Colégio Santa Terezinha.

Fundadora do Colégio Santa Terezinha e do Colégio Nossa Senhora das Dores, a Professora Aída exerceu cargos de notório destaque na educação do Município de São Gonçalo, sendo considerada um verdadeiro patrimônio da Educação e da própria História da Cidade. O excelente trabalho desenvolvido rendeu à Aída Vieira uma série de reconhecimentos e honrarias.

Católica fervorosa, a nossa Mestra sempre imprimiu a mais alta qualidade à formação de crianças e jovens que passaram por seus bancos escolares, não apenas ministrando-lhes o conteúdo formal, mas também propiciando-lhes o aperfeiçoamento religioso e moral, mercê do exemplo que passou a quantos tiveram a felicidade de serem seus alunos, ou passarem por sua escola. Sua palavra sempre foi educadora. Sua postura sempre foi cidadã. Seu objetivo sempre foi missionário, como ela sempre definiu para seus seguidores mais próximos. À Aída foi confiada a tarefa de testemunhar o Amor de Deus, e ela o fez até o fim de sua vida.

Para a Professora Aída Vieira de Souza:

♦ Vida era doação,
♦ Magistério era sacerdócio,
♦ Fé e Amor a Deus, suas maiores certezas.

Seu nome é um símbolo de Educação no município de São Gonçalo e o seu ideal de Educação é o referencial maior que norteia esta casa de Educação.

O Colégio Santa Terezinha marcou com tradição a História do município. E foi assim, por longos e longos anos – ensinando, amando, formando, ilustrando páginas e páginas de muitas vidas, deixando para nós, seus seguidores, um iluminado rastro de responsabilidade e perseverança.

Sem perder o ideal desta educadora, o Colégio Santa Terezinha, do Maternal ao Ensino Médio, faz do aluno o centro do processo pedagógico. E pelo exercício permanente da experiência, observação e criatividade, procura desenvolver em seus alunos o senso crítico e o pensamento reflexivo sobre si e sobre a realidade que o cerca, permitindo que o aluno, em sua caminhada de aprendizado:

♦ interaja;
♦ construa seus conhecimentos;
♦ resgate valores humanos e humanizantes;
♦ perceba a importância de refletir antes de escolher e adotar determinada medida;
♦ desenvolva-se, conscientemente, dentro de aspectos da modernidade, sem se perder enquanto pessoa;
♦ descubra a importância de viver sob perspectivas cristãs e, acima de tudo, sinta-se feliz por ficar na escola.

E o nosso Santa Terezinha, este grande trem, que deu partida em 1928, continua a trilhar a sua história; todos os que passaram por aqui são passageiros deste trem, e cada um, a sua maneira, deixa um pouco de si mesmo nesta história de Educação.

PAZ E BEM!